Grupo Ruah

CANTOS P/ MISSA DO 4º DOMINGO COMUM – ano C

Data desta celebração: 31/01/2016

Leituras

 

1ª leitura: Jr 1,4-5.17-19 = Eu te consagrei e te fiz profeta das nações.

Salmo Responsorial: Sl 70 = Minha boca comunicará vossas graças incontáveis.

2ª leitura: 1Cor 12,31–13,13 = Permanecem a fé, a esperança e a caridade.

Evangelho: Lc 4,21-30 = Jesus não foi enviado só aos judeus.

 

Abaixo, seguem alguns cantos litúrgicos (cifras e áudio) indicados para esta celebração:

 

 

ENTRADA

(“O profeta”, de Gilmer Torres Ruiz – gravação da Comunidade Recado)

 

Intro: Dm  C  Bb  C

 

   Dm                        F                      Am               Dm

1) Antes que eu te formasse dentro do ventre de tua mãe,

Gm                   Dm                    C       Am    Dm     C

Antes que tu nascesses, te conhecia, te consagrei.

Dm                    F                     Am               Dm

Para ser meu profeta entre as nações eu te escolhi,

Gm                Dm                  C          Am   Dm

Onde te envio irás e o que te mando proclamarás!

 

Bb                        F                                     Am                Dm

Tenho que gritar, tenho que arriscar,  ai de mim se não o faço!

Am           Dm            Am      Dm              C                       Dm

Como escapar de Ti, como calar, se Tua voz arde em meu peito?

Bb                         F                               Am                Dm

Tenho que andar, tenho que lutar, ai de mim se não o faço!

Am           Dm           Am        Dm             C                       Dm

Como escapar de Ti, como calar, se Tua voz arde em meu peito?

 

2) Não tema arriscar-te porque contigo Eu estarei,

Não tema anunciar-me, em tua boca eu falarei!

Entrego-te meu povo, vai arrancar e derrubar,

Para edificares, destruíras e plantarás.

 

3) Deixa os teus irmãos, deixa teu pai e tua mãe!

Deixa a tua casa, porque a terra gritando está.

Nada trarás contigo pois ao teu lado Eu estarei.

É hora de lutar, porque meu povo sofrendo está.

 

SALMO RESPONSORIAL

Salmo 70

 

           F                 D7               Gm   Bbm          F                 C7                 F

Minha boca anunciará todos os dias  /   vossas graças incontáveis, ó Senhor!

 

     F                                     A7       Dm                    Gm                D7            Gm

1) Eu procuro meu refúgio em vós, Senhor: / que eu não seja envergonhado para sempre!
                 Gm                                C7               Am                    C7           F

Porque sois justo, defendei-me e libertai-me! / Escutai a minha voz, vinde salvar-me!

 

2) Sede uma rocha protetora para mim, / um abrigo bem seguro que me salve!

Porque sois a minha força e meu amparo, / o meu refúgio, proteção e segurança!

 

3) Porque sois, ó Senhor Deus, minha esperança, / em vós confio desde a minha juventude!

Sois meu apoio desde antes que eu nascesse, / desde o seio maternal, o meu amparo.

 

4) Minha boca anunciará todos os dias / vossa justiça e vossas graças incontáveis.

Vós me ensinastes desde a minha juventude, / e até hoje canto as vossas maravilhas.

 

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

(“O Evangelho da vida”, de Pe. Pedro Brito Guimarães)

 

Bm             D

Aleluia, Aleluia!

F#m             Bm

Aleluia, Aleluia! (2x)

 

Bm                   Em                                 Bm

No Evangelho da vida, que nos traz a Salvação

                               D    F#m                    Bm    (A  Bm)

Jesus Cristo nos convida e nos guia na missão

 

APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS

(“Um coração para amar”, de Pe. Zezinho)

 

     G                                           G#º       Am    

1) Um coração para amar, pra perdoar e sentir

Am/G              D/F# Am      D7           C  G

Para chorar e sorrir, ao me criar Tu me deste.

  G                                              G#º             Am    

Um coração pra sonhar, inquieto e sempre a bater,

Am/G               D/F#   Am          D7           C  G 

Ansioso por entender,   as coisas que Tu disseste. 

 

G7                              Am  D7                                   G  D/F#

Eis o que eu venho te dar, eis o que eu ponho no altar!

Em                                Am     D        Am             G

Toma Senhor que ele é Teu, meu coração não é meu! (2x)

 

2) Quero que o meu coração, seja tão cheio de paz,

Que não se sinta capaz de sentir ódio ou rancor.

Quero que a minha oração possa me amadurecer,

Leve-me a compreender as conseqüências do amor.

 

COMUNHÃO

(“O amor é dom supremo”, de Frei Fabreti)

 

     D7              G   E7                  Am

1) Ainda que eu fale,  a língua dos homens,

                    D7                        D#º G      D7

Ainda que eu fale,   a língua dos anjos,

                     G      G7                  C   C

Serei como o bronze,  que soa em vão:

                           G        D7             G    G7

Se eu não tenho amor,  amor aos irmãos.

 

        C          C#º             G    Em

O amor é paciente, tudo crê

             Am    D7                  G   G7

É compassivo,   não tem rancor

              C                       C#º                  G     Em

Não se alegra  com a injustiça e com o mal

             Am    D7              G    C  G

Tudo suporta,    é dom total!

 

2) Ainda que eu tenha, vigor de profeta

E o dom da ciência, firmeza na fé.

Ainda que eu possa, transpor as montanhas

Se eu não tenho amor, de nada adianta.

 

3) Ainda que eu doe, meus bens para os pobres,

Que eu deixe meu corpo, em chamas arder

Será como um sonho, será tudo em vão

Se eu não tenho amor, amor aos irmãos. 

 

PÓS-COMUNHÃO

(“Nossa missão”, de Adriana)

 

     E                   B/D#                 A/C#             E/B 

1) Desde o ventre da minha mãe  /   Já me conhecia 

A                     E/G#            F#m             B4   B 

Antes que eu nascesse  /   Jesus me escolheu 

E                B/D#       A/C#           G#/D# 

Hoje a minha vida  /  É para o seu louvor 

E7+/9        F#/A#          A    B   A/C#  B/D# 

Sigo anunciando o seu eterno amor

 

   E              A     E    B    B/A 

Aonde mandar    eu irei 

         E/G#            A             B4    B 

Seu amor eu não posso ocultar 

              A     E/G#            A    B    C#m7 

Quero anunciar     para o mundo ouvir 

           F#m7              B7/4    E    (A/E   B/E)

Que Jesus é o nosso Salvador  

 

2) Grato eu estou Senhor  /  Porque me confiaste 

A missão de proclamar o seu eterno amor 

Mesmo sendo tão pequeno  /  Me deste autoridade 

De em seu nome anunciar  /  A paz e a liberdade

 

HOMENAGEM – DIA DE BOM BOSCO

(“Dom Bosco”, de Eliana Ribeiro) 

 

Intr: Dm7  Am  Gm  Bb/C (2x)

 

    F                    Am                  Dm

1) Viveu, trabalhou, sofreu, se alegrou

                  Bb                Gm         Bb/C

Não perdeu tempo e com a vida evangelizou (2x)

 

Dm                     C/D

Dai-me almas e ficai com o resto

  Bb/D                                  Bb/C

O que importa é a juventude santa

Bb7+                  Am

Dai-me almas e ficai com o resto

    Gm                                  Bb/C

O que importa é a juventude santa

 

2) Fiel ao Senhor, Dom Bosco se gastou

Não perdeu tempo e com a vida evangelizou (2x)

 

ENVIO

(“Amor maior”, de Mensagem Brasil)

 

Intro:  Am Em Am Em Dm C/E F G7 C G7

 

    C            F               C   G7 C                 F           G7

1) O amor é paciente e bom.      Tudo crê suporta e espera.

       Em          Am            Em          Am

Arrogância não tem, nem vaidade também,

                 Dm           F                     G7

O amor não busca interesses que são seus.

C                F                 C G7 C                         F                 G7

Maior prova de amor não há,      de quem deu por mim a própria vida.

             Em     Am           Em         Am

Numa entrega total, num desejo sem fim.

             Dm    C/E       F      G7         C

Quero viver só pra te amar ó meu Senhor.

 

         Em    Am          Em            Am                   Dm       F           G7

Um amor assim de beleza sem igual é o que eu quero ter, é meu ideal.

            Em          Am               Em     Am      Dm  C/E F         G7   C     (A7) 2ª vez

Sem impor condições, quero amar assim e viver assim meu Senhor! (2x)

 

    D             G            D     A7  D               G             A7  

2) O amor perdoa e esquece        porque ele não é orgulhoso.

          F#m        Bm         F#m       Bm

E não guarda rancor, nem inveja ele tem

             Em  D/F#   G                A7

O amor é lindo e somente sabe amar.

D            G                    D  A7 D               G                   A7

Que felicidade é contemplar      que o Teu amor em minha vida.

          F#m            Bm            F#m     Bm

Já me faz compreender que é preciso olhar

              Em    D/F#      G    A7     D

pro meu irmão e ver que nele Tu estás.

 

         F#m    Bm        F#m           Bm                   Em     G            A7

Um amor assim de beleza sem igual é o que eu quero ter, é meu ideal.

          F#m          Bm               F#m    Bm      Em D/F# G  A7         D

Sem impor condições, quero amar assim e viver assim meu Senhor.

Nenhum comentário