Grupo Ruah

CANTOS P/ MISSA DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO – ano C

Data desta celebração: 03/07/2016

Leituras

 

1ª leitura: At 12,1-11 = O Senhor me libertou do poder de Herodes.

Salmo Responsorial: Sl 33 = De todos os temores me livrou o Senhor Deus.

2ª leitura: 2Tm 4,6-8.17-18 = Combati o bom combate, guardei a fé.

Evangelho: Mt 16,13-19 = Tu és Pedro!

 

Abaixo, seguem alguns cantos litúrgicos (cifras e áudio) indicados para esta celebração:

 

 

ENTRADA

(“É tempo de ser Igreja”, de M. L. Ricciardi)

 

              D                      A                     Em     A           D  

Agora é tempo de ser Igreja, caminhar juntos, participar

 

               Bm           D             F#m             G                   Em               A                   

1)  Somos povo escolhido / E na fronte assinalados  / Com o nome do Senhor

            G                   A7 D

Que caminha ao nosso lado.

 

2) Somos povo em missão / Já é tempo de partir./ É o Senhor que nos envia

Em seu nome a servir.

 

3) Somos povo esperança / Vamos juntos planejar / Ser Igreja a serviço

E a fé testemunhar.

 

SALMO RESPONSORIAL (1)

Salmo 33

 

    Cm             G# G7          Fm      G7       Cm

De todos os temores me livrou o Senhor Deus.

 

   Cm                                            Fm6                 G7                                      Cm

1) Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo / seu louvor estará sempre em minha boca.

         Cm                         Fm                                                      G7

Minha alma se gloria no Senhor; / que ouçam os humildes e se alegrem!

 

2) Comigo engrandecei ao Senhor Deus / exaltemos todos juntos o seu nome!

Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, / e de todos os temores me livrou.

 

3) Contemplai a sua face e alegrai-vos, / O vosso rosto não se cubra de vergonha!

Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, / E o Senhor o libertou de toda angústia.

 

4) O anjo do Senhor vem acampar / Ao redor dos que o temem, e os salva.

Provai e vede quão suave é o Senhor! / Feliz o homem que tem nele o seu refúgio. 

 

SALMO RESPONSORIAL (2)

Salmo 33, por Luciana Barbosa

 

      C            Em                 F                    G

De todos os temores me livrou o Senhor Deus.

 

     C                       F                          G               C                  Dm                   G  Dm

1) Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo / seu louvor estará sempre em minha boca.

       Em             F               G             Dm             F                  Dm    G

Minha alma se gloria no Senhor; / que ouçam os humildes e se alegrem!

 

2) Comigo engrandecei ao Senhor Deus / exaltemos todos juntos o seu nome!

Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, / e de todos os temores me livrou.

 

3) Contemplai a sua face e alegrai-vos, / O vosso rosto não se cubra de vergonha!

Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, / E o Senhor o libertou de toda angústia.

 

4) O anjo do Senhor vem acampar / Ao redor dos que o temem, e os salva.

Provai e vede quão suave é o Senhor! / Feliz o homem que tem nele o seu refúgio. 

 

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

(“Aleluia, tu és Pedro”, de Padre José Freitas Campos) 

 

      D     A7  D          G            A7

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!

                   D          A7            D

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! (2x)

 

    D                                   A7                                           D

1) Tu és Pedro e sobre esta pedra / Eu irei construir minha Igreja

                        A7                      G   A7  D

E as portas do inferno   / Não irão derrotá-la.

 

APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS (1)

(“As sementes que me deste”, de José Acacio Santana)

 

              D                                            G      A7        D

1) As sementes que me deste e que não eram pra guardar.

                                                   G      A7 D

Pus no chão da minha vida, quis fazer frutificar.

 

                 G                                     D             Bm

Dos meus dons que recebi / pelo Espírito do amor

              Em                    A7                D                D7

Trago os frutos que colhi / e em tua mesa quero pôr!

                 G                                     D               B7
Dos meus dons que recebi / pelo Espírito do amor

              Em                A7                    D      A7       D

Trago os frutos que colhi / e em tua mesa quero pôr!


2)
Pelos campos deste mundo quero sempre semear

Os talentos que me deste pra eu mesmo cultivar.

3) Quanto mais eu for plantado, mais terei para colher

Quanto mais eu for colhendo, mais terei a oferecer. 

 

APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS (2)

(“Daqui do meu lugar”, de Pe. Zezinho)

 

         C       G7      C              G7     C

1) Daqui do meu lugar, eu olho teu altar,

    F    E/G# Am     F      C      G7           C      (G7)

E fico a imaginar aquele pão aquela refeição,

     C        G7     C                       G7        C

Partiste aquele pão e o deste aos teus irmãos,

      F      E/G# Am    F        C        G7                    C   (G7)

Criaste a religião do pão do céu do pão que vem do céu.

 

   C             F           C

Somos a igreja do pão,
       F           C               G7              C

Do pão repartido e do abraço e da paz! (2x)

 

2) Daqui do meu lugar, eu olho o teu altar,

E fico a imaginar aquela paz aquela comunhão,

Viveste aquela paz e a deste aos teus irmãos,

Criaste a religião do pão da paz, da paz que vem do céu.

Somos a igreja da paz

Da paz partilhada e do abraço e do pão! (2x)

 

COMUNHÃO

(“Viver pra mim é Cristo”, de Pe. Fábio de Melo)

 

Bm                       Bm/A                G7+

Senhor Preciso Te dizer que é impossível me esquecer

Bm                                Bm/A             G7+

Que não estou só nesta batalha entre o bem e o mal

Bm                    Bm/A             G7+

A cada nova experiência, eu Te glorifico mais

    Em                    Bm          G

Te ter é a maior diferença em mim

 

D9                                       D/F#         G                             D/F#

Se os bons combates eu não combater /  Minha coroa não conquistarei

Em                                Em/D        Gm                          A9

Se minha carreira eu não completar /  De que vale a minha fé tanto guardar

D9                       D/F#           G                             D/F#

Se perseguido aqui eu não for /  Sinceramente um cristão não sou

Em                     D/F#       Gm                         A           Bm        A9

A Tua glória quero conhecer /  Ver a experiência de sobreviver…

 

                          D9    D/F#                   G                   D/F#

Viver pra mim é Cristo,    morrer pra mim é ganho

                           Em                            Bm                                A9

Não há outra questão, quando se é cristão /  Não se para de lutar

                    D9            Am      D/F#   G              D/F#

Triunfarei sobre o mal,     conquistarei troféus

                          Em                            Bm                                 A9 

Não há outra questão, quando se é cristão / Não se para de lutar…

                        D

Até chegar ao céu

 

G                                 D/F#          Bm                          A9

    Se calarem o som da minha voz  /  Em silêncio estarei a orar

Em                           Bm                G            A9

    Se numa prisão me colocar /  Eu vou Te adorar

 

Em                        Bm                A9                     G

     Se minha família me trair /  Eu vou sonhar com Deus

                D/F#            Em              A9           Bm          A9

Viver seus planos isso é parte  /  De minha carreira de cristão

 

ENVIO

(“Tu és Pedro! Aleluia!”, de Padre Amaury de Paula)

 

F    C7         F           C7           F         C7        F   Am    F/C  Bb/D   F/C  C7  F

Aleluia, aleluia! Tu és Pedro, aleluia/ Aleluia, aleluia! Tu és Pedro,    aleluia.

 

   F                              C7          F                              C7                  G      C7

1) És a rocha viva Cristo te escolheu/ Quando a Simão Pedro disse: Eu te darei

                           G                   C       G7               C7             G7  C7

Do meu Reino as chaves, eis a minha Igreja/ Sobre esta pedra edificarei.

 

2) Cristo Salvador, a pedra angular/ Que ampara tudo, pois é homem-Deus

Escolheu a Pedro para sustentar/ Como rocha viva o edifício seu.

 

3) Eis que estarei convosco ate o fim/ Do inferno as forças não triunfarão

Foi Jesus, um dia, que falou assim/ Dando a sua Igreja perenização

Nenhum comentário