Grupo Ruah

CANTOS P/ MISSA DO 19º DOMINGO COMUM – ano B

Data desta celebração: 09/08/2015

Leituras

 

1ª leitura: 1Rs 19,4-8 = Com a força daquele alimento, caminhou até o monte.

Salmo Responsorial: Sl 33 = Provai e vede quão suave é o Senhor.

2ª leitura: Ef 4,30—5,2 = Vivei no amor, a exemplo de Cristo.

Evangelho: Jo 6,41-51 = Eu sou o pão que desceu do céu.

 

Abaixo, seguem alguns cantos litúrgicos (cifras e áudio) indicados para esta celebração:

 

 

ENTRADA

(“Nossa família”, de Grupo Ruah)

 

               D                       A

Nossa família em comunidade

    Em               G               A7

Te louva e glorifica, ó Senhor!

                  D                              A

Não é por acaso que nos encontramos

   Em                    G      A7         D

Selaste-nos com Teu imenso amor!

 

(F/G G/A)       Bm                                          A

               Seja pai, mãe, filho, avô, tio, primo, sogra ou irmão

                G                      F#7  A

Estamos aqui, num só familião!

        Bm                                           A

Professando uma só fé em Ti, Deus, que também cresceu

                                G

No aconchego de um lar

            Bb       C                D

Com Maria e José você formou

        Bb             C                 D/F#     F       G/A

A família que é exemplo do sagrado amor de Deus!

 

Solo: D  A  Em  Bb C D  (F/G G/A)

 

SALMO RESPONSORIAL

Salmo 33

 

                E                B                 E

Provai e vede quão suave é o Senhor!

            G#m              A                  E

Provai e vede quão suave é o Senhor!

 

            E                  Fº                  F#m

1) Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo,

 B7                      Cº                    C#m

seu louvor estará sempre em minha boca.

C#m/B                            F#/A#

Minha alma se gloria no Senhor;

     F#m              B7               E

que ouçam os humildes e se alegrem!

 

2) Comigo engrandecer ao Senhor Deus,

exaltemos todos juntos o seu nome! 

Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, 

e de todos os temores me livrou.

 

3) Contemplai a sua face e alegrai-vos,

e vosso rosto não se cãibra de vergonha! 

Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido,

e o Senhor o libertou de toda angústia.

 

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

(“Aleluia, eu sou o pão vivo”, de Coral Palestrina)

 

      G    Em  D7  C  G D7 G

Aleluia, aleluia, aleluia! (2x)

 G                                         D7                                                               G

Eu sou o pão vivo descido do céu / Quem deste pão come, sempre há de viver.

 

APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS

(“Daqui do meu lugar”, de Pe. Zezinho)

 

         C       G7      C              G7      C

1) Daqui do meu lugar, eu olho teu altar,

    F    E/G# Am     F      C      G7           C      (G7)

E fico a imaginar aquele pão aquela refeição,

     C         G7    C                       G7        C

Partiste aquele pão e o deste aos teus irmãos,

      F      E/G# Am    F        C       G7                     C   (G7)

Criaste a religião do pão do céu do pão que vem do céu.

 

   C             F           C

Somos a igreja do pão,
       F           C               G7              C

Do pão repartido e do abraço e da paz! (2x)

 

2) Daqui do meu lugar, eu olho o teu altar,

E fico a imaginar aquela paz aquela comunhão,
Viveste aquela paz e a deste aos teus irmãos,
Criaste a religião do pão da paz, da paz que vem do céu.

 

Somos a igreja da paz
Da paz partilhada e do abraço e do pão! (2x)

 

COMUNHÃO

(“Pão dos anjos”, de Anjos de Resgate)

 

          G                          D              C                                G     C/G

1) Tão simples assim, tão fácil assim, aceite e prove dessa graça

     G                                    D                           Am           C                       D   

O pão sustenta o homem, Jesus sustenta a alma milagre assim não há quem faça

Am                       C                         D       Am              C                D 

     Corpo que era pão sangue que era vinho   /   pra eternidade é o caminho

 

          G                                                   D

Eis o pão que os anjos comem transformando em pão do homem

          Em                                       C                   D          

Só os filhos o consomem pão pra alma que tem fome

             G                                          D

Aos mortais dando comida dais também o pão da vida

            Em                                       C         D               G  C/G  G  C/G

que a família assim nutrida seja um dia reunida lá no céu

 

2) Trigo esmagado, Cristo imolado, ambos vão tornar-se pão

Um que perece outro que permanece para a nossa salvação

Ó Senhor da unidade / tirai de nós a orfandade

 

COMUNHÃO 2

 (“Eu sou o pão da vida”, de Agnus Dei)

 

     G                     Bm             C                            D

1) Eu sou o Pão da vida, o que vem a mim não terá fome,

          G        Bm               C       G          Bm     Em              A7             D7

o que crê em mim não terá sede, ninguém vem a mim se meu Pai não o atrair.

 

            G  D/F# Em (Dm G)               C   A7  D7 

Eu o ressuscitarei,               eu o ressuscitarei

            G    G7  C   A7 G D7   G              

Eu o ressuscitarei  no dia   final

 

2) Eu sou o Pão da vida, que se prova e não se sente fome.

O que sempre beber do meu sangue viverá em mim e terá a vida eterna.

 

3) O Pão que eu darei é meu corpo, vida para o mundo.

O que sempre comer de minha carne viverá em mim como eu vivo no Pai.

 

4) Sim, meu Senhor, eu creio que vieste ao mundo a redimi-lo,

que tu és o Filho de Deus e que está aqui, alimentando nossas vidas.

 

ENVIO

(“Eis-me aqui, Senhor”, de Padre Zezinho)

 

 E                            A                          E     B7

Eis-me aqui, Senhor, eis-me aqui, Senhor,

E                         A              B7                E

Pra fazer tua vontade, pra viver no teu amor

         E7             A             F#m               B7                               E

Pra fazer tua vontade, pra viver no teu amor:/ Eis-me aqui, Senhor.

 

  (E7)                      A                    B7                                E          G#7 C#m

1) O Senhor é o Pastor que me conduz, por caminho nunca visto me enviou.

                                 F#m            B7                          E       A      B7

Sou chamado a ser fermento, sal e luz e por isso respondi: “Aqui estou”!

 

2) Ele pôs em minha boca uma canção, me ungiu como profeta e trovador

da história e da vida do meu povo e por isso respondi: “Aqui estou”!

 

3) Ponho a minha confiança no Senhor, da esperança sou chamado a ser sinal.

Seu ouvido se inclinou ao meu clamor e por isso respondi: “Aqui estou”!

2 comentários
  • Celina de Souza

    Paz e bem a vcs
    As músicas são linda….porém, sugiro que coloquem também algumas músicas de família,pois,será a abertura da semana da família.

  • Neia

    Olá pessoal!
    Adorei as sugestões!
    Estou sempre acompanhando vocês!
    Abraços!!!!