Grupo Ruah

CANTOS P/ MISSA DO 27º DOMINGO COMUM – ano B

Data desta celebração: 04/10/2015

Leituras

 

1ª leitura: Gn 2,18-24 = E eles serão uma só carne.

Salmo Responsorial: Sl 127 = O Senhor te abençoe de Sião cada dia de tua vida.

2ª leitura: Hb 2,9-11 = Tanto o santificador como os santificados descendem de Deus.

Evangelho: Mc 10,2-16 = O que Deus uniu, o homem não separe.

 

Abaixo, seguem alguns cantos litúrgicos (cifras e áudio) indicados para esta celebração:

 

 

ENTRADA

(“Oração pela família”, de Padre Zezinho)

 

                D                                                        A7

1) Que nenhuma família comece em qualquer de repente

           Em                   A7         Em           D   (G  A)

Que nenhuma família termine por falta de amor

               D                                                      A7

Que o casal seja um para o outro de corpo e de mente

         Em                      A7           Em           D  (G  A7)

E que nada no mundo separe um casal sonhador

             D                                                  A7

Que nenhuma família se abrigue debaixo da ponte

            Em                  A7        Em          D  (G A)

Que ninguém interfira no lar e na vida dos dois

             D                                                         A7

Que ninguém os obrigue a viver sem nenhum horizonte

             Em                         A7             Em                D   A7

Que eles vivam do ontem, no hoje em função de um depois

 

              D                        Bm                          Em

Que a família comece e termine sabendo onde vai

              A7                             Em           A7                D  (A7)

E que o homem carregue nos ombros a graça de um pai

                 D                               Bm                          Em

Que a mulher seja um céu de ternura, aconchego e calor

               D                           A7           Em            D   (A7)

E que os filhos conheçam a força que brota do amor

          D                                      A7                       Em      A7             D

Abençoa Senhor as famílias, Amém! Abençoa Senhor, a minha também! (2x)

 

2) Que marido e mulher tenham força de amar sem medida

Que ninguém vá dormir sem pedir ou sem dar seu perdão

Que as crianças aprendam no colo o sentido da vida

Que a família celebre a partilha do abraço e do pão

Que marido e mulher não se traiam nem traiam seus filhos

Que o ciúme não mate a certeza do amor entre os dois

Que no seu firmamento a estrela que tem maior brilho

Seja a firme esperança de um céu aqui mesmo e depois.

 

SALMO RESPONSORIAL

Salmo 127

 

          F               C7          F   Dm         Gm  Bb      C7 F

O Senhor te abençoe de Sião,       cada dia  de tua vida!

 

   Dm                                Gm      A7                      Dm

1) Feliz és tu se temes o Senhor  /   e trilhas seus caminhos!

Bb                                              Gm     C7                              F

Do trabalho de tuas mãos hás de viver,  /    serás feliz, tudo irá bem!

 

2) A tua esposa é uma videira bem fecunda  /  no coração da tua casa;

Os teus filhos são rebentos de oliveira  / ao redor de tua, mesa.

 

3) Será assim abençoado todo homem  / que teme o Senhor.

O Senhor te abençoe de Sião,  / cada dia de tua vida.

 

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

(“O Evangelho da vida”, de Pe. Pedro Brito Guimarães)

 

Bm              D

Aleluia, Aleluia!

F#m             Bm

Aleluia, Aleluia! (2x)

 

Bm                    Em                                Bm

No Evangelho da vida, que nos traz a Salvação

                               D    F#m                   Bm    (A  Bm)

Jesus Cristo nos convida e nos guia na missão

 

APRESENTAÇÃO DAS OFERENDAS

(“Um coração para amar”, de Pe. Zezinho)

 

     G                                            G#º     Am    

1) Um coração para amar, pra perdoar e sentir

Am/G             D/F#  Am        D7           C  G

Para chorar e sorrir,   ao me criar Tu me deste.

  G                                              G#º            Am    

Um coração pra sonhar, inquieto e sempre a bater,

Am/G                D/F#  Am        D7            C  G 

Ansioso por entender, as coisas que Tu disseste. 

 

G7                              Am  D7                                   G  D/F#

Eis o que eu venho te dar, eis o que eu ponho no altar!

Em                                Am     D         Am            G

Toma Senhor que ele é Teu, meu coração não é meu! (2x)

 

2) Quero que o meu coração, seja tão cheio de paz,

Que não se sinta capaz de sentir ódio ou rancor.

Quero que a minha oração possa me amadurecer,

Leve-me a compreender as consequências do amor.

 

COMUNHÃO

(“O amor é dom supremo”, de Frei Fabreti)

 

      D7              G   E7                  Am

1) Ainda que eu fale,  a língua dos homens,

                    D7                       D#º G      D7

Ainda que eu fale,   a língua dos anjos,

                      G      G7                  C    Am

Serei como o bronze,  que soa em vão:

                            G       D7             G    G7

Se eu não tenho amor,  amor aos irmãos.

 

       C            C#º             G    Em

O amor é paciente, tudo crê

              Am    D7                 G   G7

É compassivo,   não tem rancor

                C                      C#º                 G     Em

Não se alegra  com a injustiça e com o mal

             Am    D7             G    C  G

Tudo suporta,    é dom total!

 

2) Ainda que eu tenha, vigor de profeta

E o dom da ciência, firmeza na fé.

Ainda que eu possa, transpor as montanhas

Se eu não tenho amor, de nada adianta.

 

3) Ainda que eu doe, meus bens para os pobres,

Que eu deixe meu corpo, em chamas arder

Será como um sonho, será tudo em vão

Se eu não tenho amor, amor aos irmãos.

 

PÓS-COMUNHÃO

(“Salmo do matrimônio”, de Padre Joãozinho)

 

Intro: C  D  G D/F# Em Em/D C D G  (C G)

 

         C       D             G D/F# Em Em/D  C        D             G   (C  G)

O  amor jamais  acabará      /          O  amor jamais acabará

 

               D/F#          Em    C            Am              D   D/C

1) Mesmo sendo pequenina,    sem cortinas e sem cor

Bm                   Em     C              D                G     (C  G Am G/B)

esta casa vai ser linda     se Deus for o construtor .

 

2) Não será um palacete, nem será uma mansão

Está casa pequenina é o vosso coração

 

3) O tijolo paciente, o cimento da união

a família construindo o alicerce neste chão

 

ENVIO

(“O Profeta”, de Gilmer Torres Ruiz e gravação de Comunidade Recado)

 

Intro: Dm  C  Bb  C

 

   Dm                         F                     Am              Dm

1) Antes que eu te formasse dentro do ventre de tua mãe,

Gm                    Dm                  C       Am     Dm     C

Antes que tu nascesses, te conhecia, te consagrei.

Dm                    F                    Am                Dm

Para ser meu profeta entre as nações eu te escolhi,

Gm                Dm                  C          Am   Dm

Onde te envio irás e o que te mando proclamarás!

 

Bb                        F                                     Am               Dm

Tenho que gritar, tenho que arriscar,  ai de mim se não o faço!

Am            Dm          Am       Dm              C                        Dm

Como escapar de Ti, como calar, se Tua voz arde em meu peito?

Bb                        F                                Am               Dm

Tenho que andar, tenho que lutar, ai de mim se não o faço!

Am           Dm           Am      Dm               C                        Dm

Como escapar de Ti, como calar, se Tua voz arde em meu peito?

 

2) Não tema arriscar-te porque contigo Eu estarei,

Não tema anunciar-me, em tua boca eu falarei!

Entrego-te meu povo, vai arrancar e derrubar,

Para edificares, destruíras e plantarás.

 

3) Deixa os teus irmãos, deixa teu pai e tua mãe!

Deixa a tua casa, porque a terra gritando está.

Nada trarás contigo pois ao teu lado Eu estarei.

É hora de lutar, porque meu povo sofrendo está. 

Nenhum comentário